Coceira vulvar, um sinal que você não deve ignorar

sintomas de coceira vulvar

Os coceira vulvar são um sintoma comum em mulheres. Podem estar associados a fatores como estresse, secura vaginal, alterações hormonais, infecções, micose vaginal e alergias. A coceira vulvar pode ser muito incômoda e afetar a qualidade de vida. A grande maioria das mulheres experimentou coceira em torno de sua vulva (área externa ao redor da vagina) em algum momento de suas vidas. A vulva é uma área sensível e a coceira constante pode ser irritante e desconfortável.

O que fazer em caso de coceira vulvar?

A coceira vulvar é um sintoma comum em mulheres e pode ter várias causas. Eles podem ser desagradáveis ​​e irritantes, mas geralmente não são perigosos. No entanto, é importante levá-los a sério e procurar atendimento médico se persistirem ou piorarem.

A coceira vulvar pode ser causada por irritação da pele, infecções, alergias ou distúrbios hormonais. Na maioria das vezes, eles são facilmente tratáveis. Em alguns casos, eles podem ser um sinal de uma condição mais grave, como câncer cervical ou diabetes.

Se você tiver uma coceira vulvar, primeiro tente identificar a causa. Se for devido a irritação da pele, você pode tentar mudar seus produtos de higiene. Se você acha que tem uma infecção, consulte um médico para tratamento. Se você tem alergia, evite o contato com a substância que o irrita.

Em geral, a coceira vulvar não requer tratamento médico. No entanto, se persistirem ou piorarem, procure atendimento médico. Eles podem prescrever medicamentos ou cremes para aliviar os sintomas. Se você tem câncer cervical ou diabetes, seu médico pode recomendar um tratamento mais agressivo.

Sintomas associados à coceira na vulva

A coceira vulvar pode ser um sintoma de uma infecção fúngica, bacteriana ou viral. Eles também podem ser causados ​​por alergias, irritantes ou produtos químicos. A coceira vulvar é frequentemente acompanhada por outros sintomas, como vermelhidão, inchaço, corrimento vaginal anormal, ardência ou coceira anal ou vaginal.

Em alguns casos, a coceira vulvar pode ser causada por uma alergia a produtos químicos, como sabonetes, duchas ou produtos anticoncepcionais. Outros fatores que podem causar alergias vaginais são tecidos sintéticos, látex e certos medicamentos. Os sintomas de uma alergia vaginal incluem coceira, inchaço e vermelhidão da vagina.

Causas de coceira vulvar

Causas da coceira na vulva

A sensibilidade da pele vulvar é a causa mais comum de coceira vulvar persistente. A pele da vulva pode ficar sensível a qualquer coisa que entre em contato com ela, por exemplo:

  • Os cremes
  • os sabonetes
  • Os perfumes
  • Desodorantes
  • suor excessivo
  • Preservativos
  • Lenços umedecidos.
  • corantes têxteis
  • Detergentes

A coceira vulvar pode ser muito desagradável e às vezes até dolorosa. As outras possíveis causas desta coceira também podem estar ligadas às seguintes patologias:

  • Vaginose bacteriana

La vaginose bacteriana é uma das infecções vaginais mais comuns que pode levar a coceira vulvar devido a um desequilíbrio na flora vaginal.

  • Infecções fúngicas ou infecções fúngicas

Na maioria dos casos, a coceira vulvar é causada por um infecção por fungos, como vulvovaginite candidíase. Esta infecção é causada por um fungo chamado candida albicans, que é encontrado naturalmente na vagina. A vulvovaginite por candidíase é comum em mulheres grávidas e em pessoas que tomam antibióticos.

Outros fatores que podem favorecer o aparecimento dessa infecção são o estresse, a diabetes e o uso de tampões ou absorventes higiênicos. Os sintomas da vulvovaginite por candidíase incluem coceira intensa, sensação de queimação, corrimento vaginal anormal e vermelhidão e inchaço da vagina.

  • Alérgenos e irritantes para certos produtos

Muitos alérgenos e irritantes, certos cosméticos ou produtos de banho podem causar um irritação vulvar. Os irritantes geralmente causam sintomas rapidamente, enquanto os alérgenos podem levar alguns dias para produzir sintomas.

Alguns dos alérgenos e irritantes mais comuns que podem causar coceira vulvar incluem roupas íntimas de náilon, perfumes, preservativos de látex, banho de espuma, sabão em pó e lenços umedecidos.

  • Líquen scléreux vulvaire

O líquen escleroso é uma condição crônica da pele que pode ocorrer em quase qualquer parte do corpo, embora seja mais comumente observada nos órgãos genitais. O líquen escleroso causa afinamento da pele, causando irritação e coceira.

  • líquen plano

O líquen plano é uma resposta imune anormal que ocorre quando o sistema imunológico começa a atacar as membranas mucosas genitais e a pele.

  • Infecções sexualmente transmissíveis

Algumas infecções sexualmente transmissíveis (DSTs), incluindo piolhos púbicos e trichomonas, podem causar coceira vaginal.

A coceira vulvar também pode ser causada por condições mais graves, como câncer cervical ou câncer vulvar. Se você tiver coceira vulvar que não desaparece depois de tentar vários tratamentos, consulte seu médico ou dermatologista para um diagnóstico adequado.

Como aliviar a coceira na vulva?

La secura vaginal é outra causa comum de coceira vulvar. A secura vaginal é causada por uma diminuição no nível de estrogênio no corpo, o que leva a uma diminuição na produção de lubrificação vaginal. As mulheres grávidas, as que tomam contraceptivos hormonais ou as que passaram pela menopausa precoce têm maior probabilidade de apresentar secura vaginal. Os sintomas de secura vaginal incluem coceira, ardor e irritação vaginal.

Cueca menstrual para coceira vulvar

Em alguns casos, a coceira vulvar pode ser causada por estresse ou ansiedade. O estresse pode perturbar o equilíbrio hormonal do corpo, o que pode levar a uma diminuição na produção de lubrificação vaginal. A ansiedade também pode causar espasmos musculares na vagina, o que pode levar à coceira.

Se você sofre de coceira vulvar, é importante não ignorar esse sintoma e consultar um médico para determinar a causa exata e receber o tratamento adequado.

Como prevenir a coceira vulvar?

É importante manter a área vulvar limpa e seca. A coceira vulvar pode ser causada pelo acúmulo de suor ou secreções vaginais. Portanto, é importante lavar-se regularmente com sabão neutro e secar-se bem após urinar ou suar. Também é importante trocar tampões, absorventes higiênicos, Cuecas menstruais ou Fato de banho menstrual regularmente.

A coceira vulvar pode ser causada por irritantes como produtos químicos, tecidos sintéticos ou produtos de higiene íntima. Por isso é importante usar produtos hipoalergênicos, usar roupas de algodão e manter um boa higiene pessoal. As mulheres que têm coceira vulvar frequente devem evitar duchas e banhos quentes.

A coceira vulvar pode ser um sinal de várias condições, algumas mais graves do que outras. É importante não ignorar esses sintomas e procurar atendimento médico para diagnóstico e tratamento adequados. A coceira vulvar pode ser muito desconfortável, mas felizmente existem tratamentos eficazes para aliviar a dor e a coceira.

 

 

Perguntas frequentes

O que é coceira vulvar?

A coceira vulvar é uma sensação de desconforto, formigamento ou queimação na vagina ou vulva.

Quais são as possíveis causas da coceira vulvar?

Existem várias causas possíveis de coceira vulvar, incluindo uma infecção vaginal, excesso de secreções vaginais, irritação por um produto de higiene íntima, uma reação alérgica ou até mesmo a síndrome dos ovários policísticos.

A coceira vulvar é dolorosa?

A coceira vulvar pode ser mais ou menos dolorosa dependendo da causa. Eles podem ser simplesmente embaraçosos e desconfortáveis, ou causar dor intensa.

Existem fatores que aumentam o risco de desenvolver coceira vulvar?

Algumas mulheres são mais propensas a sofrer de coceira vulvar do que outras, especialmente aquelas que têm problemas hormonais, que tomam certas pílulas anticoncepcionais ou que têm um sistema imunológico enfraquecido.

Quais são as principais consequências da coceira vulvar?

Se não for tratada, a coceira vulvar pode causar feridas, sangramento e até úlceras. Eles também podem promover a transmissão de infecções vaginais para outros parceiros sexuais.

Retornar ao blog

Deixe um comentário

Veuillez note que les commentaires doivent être approuvés avant d'être publiés.

Os artigos do site contêm informações gerais que podem conter erros. Estes artigos não devem de forma alguma ser considerados como aconselhamento médico, diagnóstico ou tratamento. Em caso de dúvidas ou dúvidas, marque sempre uma consulta com seu médico ou ginecologista.

NOSSAS Cuecas menstruais

1 de 4